SOBRE O CONGO

HISTÓRIA

O Congo é um país estratégico plantado por Deus no coração da África.
Este país desempenha um papel muito importante, já que está localizado numa área denominada como o cinturão deDeus na África. Evangelizar aquele povo significa bloquear o avanço do Islamismo para os países da parte sul do continente Africano.


O Congo, com mais de 70 milhões de habitantes, hoje tem mais de 4 milhões de orfãos e mais de 2 milhões de viúvas, quadro esse resultante da guerra que durou muitas décadas. A UNIMIL abraçou a causa deste povo sofrido e assumiu o compromisso de construir uma nova Escola que irá atender 3 mil crianças diariamente, oferecendo: Educação, Cursos Profissionalizantes, Esportes, e o mais importante :
A Palavra de Deus que transforma corações e muda destinos.
Nosso desejo é formar profissionais para o Congo; Pessoas cheias do amor e da Graça de Deus, pois acreditamos que uma geração preparada influenciará todas as gerações do futuro. Por isso, nós estamos aqui, para compartilhar este grande desafio:

CONHEÇA MAIS UM POUCO DE SUA HISTÓRIA:

República Democrática do Congo
Nota:  Não confundir com Congo.
A República Democrática do Congo, por vezes designada RDC, RD Congo, Congo-Kinshasa, Congo-Quinxasa ou Congo-Quinxassa para diferenciá-la do vizinho Congo, tornou-se o segundo maior país de África.

A República Democrática do Congo (anteriormente Zaire), por vezes designada RDC, RD Congo, Congo-Kinshasa, Congo-Quinxasa ou Congo-Quinxassa para diferenciá-la do vizinho Congo (que também é chamado de República do Congo, Congo-Brazzaville ou Congo-Brazavile), tornou-se o segundo maior país de África, depois da Argélia, após a independência do Sudão do Sul. Confina a norte com a República Centro-Africana e com o Sudão do Sul, a leste com Uganda, Ruanda, Burundi e a Tanzânia, a leste e a sul com a Zâmbia, a sul com Angola e a oeste com o Oceano Atlântico, com o enclave de Cabinda e com o Congo. A capital e maior cidade é Kinshasa.
Com uma população de quase 70 milhões de habitantes, a República Democrática do Congo é o mais populoso país francófono, além de ser o décimo segundo país mais extenso do mundo. Se tornou independente da Bélgica em 30 de junho de 1960, e está entre um dos países com os menores valores de PIB nominal per capita, à frente apenas do Burundi. Porém, o país é considerado o mais rico do mundo em questão de recursos naturais e recursos econômicos, estima-se que no valor de 24 trilhões de dólares (24 bilhões de dólares em escala curta usada em Portugal).

Capital: Kinshasa
Atual  Presidente: Joseph Kabila
Moeda: Franco congolês
População: 70.000000 milhões (2012) Banco Mundial
Língua oficial: Língua francesa
Governo: Semipresidencialismo, República

Política da República Democrática do Congo

Em 18 e 19 de dezembro de 2005, realizou-se com sucesso o referendo que estabeleceu as eleições em 2006.  O processo de votação, tecnicamente difícil devido à falta de infraestrutura, foi organizado pela Comissão Eleitoral Independente do Congo com o apoio da missão das Nações Unidas para o Congo (MONUC).
Segundo dados divulgados em janeiro de 2006, a constituição foi aprovada por 84,31% dos eleitores.
A 6 de Dezembro de 2006, Joseph Kabila, filho de Laurent Kabila, tomou posse como presidente depois de vencer as primeiras eleições gerais em 40 anos.
O atual quadro político da República Democrática do Congo é o de uma república de transição de uma guerra civil para uma república democrática semipresidencial.

Geografia
 
A República Democrática do Congo vista por satélite. As regiões norte e central do país abrangem grande parte da Floresta do Congo, que é a segunda maior floresta equatorial
do mundo.
O país é cortado pelo rio Congo como um "U" invertido, que é a principal fonte de abastecimento de água do país. Nascendo formalmente na Zâmbia, entra no país ao sul e percorre sentido norte com o nome de Lualaba, formando uma das maiores bacias hidrográficas do mundo, a Bacia do Congo e sua vasta floresta equatorial (Floresta do Congo), recebendo águas do sistema Luapula–Luvua, vindos da região norte da Zâmbia, onde localiza-se sua real nascente no rio Chambeshi; e outras águas oriundas do lago Tanganica pelo rio Lukuga a leste. Contornando a enorme planície congolesa para oeste e novamente para sul e sudoeste, fazendo fronteira com a República do Congo, recebendo águas dos seus outros grandes afluentes como os rios Ubangi e Cassai, desaguando no oceano Atlântico na fronteira do país com Angola.
A leste desta imensa planície florestal selvagem, erguem-se os maciços e montanhas, formando vales e desfiladeiros provenientes e causados pelo tectonismo do vale do Rift Ocidental, os quais formaram os Grandes Lagos Africanos, os quais lagos Tanganica, Kivu, Eduardo e Alberto; e as principais cadeias montanhosas como os montes Mitumba, Virunga e Ruwenzori. Esta última cadeia, faz parte da fronteira leste com Uganda, dividindo o ponto mais elevado entre os dois países: o monte Stanley (ou monte Margherita) e seus 5 109 m de altitude,33 a terceira maior montanha da África.34
Seu clima é predominantemente equatorial, quente e úmido, com chuvas frequentes quase o ano todo por conta da alta umidade da floresta densa e grande número de rios perenes. Nos planaltos e montanhas a leste, predomina o tropical de altitude e subtropical com temperatura de mais amena à fria. São poucas áreas que recorrem ao clima seco de savanas.

Demografia

A Organização das Nações Unidas estimou, para 2007, a população em 62,6 milhões de pessoas, tendo sido aumentada rapidamente, apesar da guerra de 1997. Porém, esse número pode passar dos 70 milhões, já que os dados não podem ser exatos. No país, aproximadamente 250 grupos étnicos foram identificados e nomeados. As pessoas mais numerosos são os Kongo, Luba, e Mongo. Exitem cerca de 600 000 pigmeus no país. A maioria da população é rural, com apenas 30% de sua população vivendo em meios urbanos.
São falados aproximadamente 700 línguas e dialetos, a variedade linguística é superada tanto pelo amplo uso de intermediários e línguas como o francês, Kongo, tshiluba, suaíli, e Lingala. É um dos países que mais contém dialetos.

République Démocratique du Congo
Jamhuri ya Kidemokrasia ya Cong
República Democrática do Congo
 
Bandeira - Brasão de armas
Veja em Galeria de Fotos

Lema: Justice – Paix – Travail
(Francês: "Justiça - Paz - Trabalho")

Hino Nacional: Debout Congolais

Gentílico:
congolês(esa) - congolense -  conguês(a)

 Capital: Kinshasa

4° 19′ S 15° 19′ E
Cidade mais populosa:  Kinshasa

Língua oficial: Francês

(o Lingala, Quicongo, Kituba, Suaíli e o Tshiluba têm status de línguas nacionais)

Forma de Governo:

República semipresidencialista

 - Presidente: Joseph Kabila

 - Primeiro-ministro: Augustin Matata Ponyo

Independência da Bélgica

 - Data    30 de Junho de 1960

Área:
 
 - Total    2 344 858 km² (12.º)

 - Água (%)    3,3

 Fronteiras:

República Centro-Africana, Sudão do Sul, Uganda, Ruanda, Burúndi, Tanzânia, Zâmbia, Angola e República do Congo

População.
 
 - Estimativa de 2007
63.655.0002 hab. (21.º)

 - Densidade
25 hab./km² (188.º)

PIB (base PPC)
Estimativa de 2007
 - Total    US$ : 19,021 bilhões (115.º)

 - Per capita
US$ : 311 (178.º)

IDH (2012)
0,304 (186.º) – baixo3

Moeda
Franco congolês (CDF)